Trump foi levado para bunker subterrâneo durante protestos na frente da Casa Branca

© REUTERS / Jonathan ErnstPolícia mantém manifestantes à distância perto da Casa Branca em Washington, EUA, em 31 de maio de 2020
Polícia mantém manifestantes à distância perto da Casa Branca em Washington, EUA, em 31 de maio de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente Donald Trump foi temporariamente transferido pelo Serviço Secreto para o bunker subterrâneo da Casa Branca em meio ao protesto no lado de fora da vedação.

Os protestos, motivados pela morte do afro-americano George Floyd, atingiram a capital do país em 29 de maio, quando manifestantes furiosos se concentraram na avenida Pensilvânia, bloqueando a Casa Branca.

Segundo informa hoje (1º) o jornal US Today, o elevado número de manifestantes e sua agressividade, provocando confrontos e queimando bandeiras, levaram o Serviço Secreto (agência federal norte-americana responsável pela proteção do presidente, vice-presidente e suas famílias) a pedir que Trump se refugiasse no bunker subterrâneo.

Apesar de nunca terem acreditado que o presidente estivesse em perigo, os responsáveis pela sua segurança pessoal tomaram a precaução de levá-lo para o bunker à medida que as tensões aumentavam.

O abrigo seguro serve, para além de proteção do presidente e de seus principais colaboradores, para coordenar o governo, com recurso a tecnologia de ponta.

© REUTERS / Lucas JacksonManifestantes são detidos pela polícia por participar de protesto pela morte de George Floyd, em Minneapolis, Minnesota, EUA, 31 de maio de 2020
Trump foi levado para bunker subterrâneo durante protestos na frente da Casa Branca - Sputnik Brasil
Manifestantes são detidos pela polícia por participar de protesto pela morte de George Floyd, em Minneapolis, Minnesota, EUA, 31 de maio de 2020

Segundo o US Today, Trump permaneceu confinado durante cerca de uma hora, tendo ficado muito abalado com os protestos, elogiando posteriormente o trabalho do Serviço Secreto.

Nos últimos dias, a segurança da Casa Branca foi reforçada com efetivos da Guarda Nacional e por pessoal adicional do Serviço Secreto dos Estados Unidos e da Polícia do Parque dos Estados Unidos (The United States Park Police).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала