Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

China promete 'contra-ataque firme' aos EUA após fala de Trump sobre Hong Kong

© AP Photo / Andy WongO porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, gesticula durante uma declaração em Pequim no escritório da Chancelaria chinesa, em 24 de fevereiro de 2020.
O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, gesticula durante uma declaração em Pequim no escritório da Chancelaria chinesa, em 24 de fevereiro de 2020. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A China disse nesta segunda-feira (1º) ao governo dos Estados Unidos que vai dar uma resposta firme após os anúncios do presidente Donald Trump, que deseja limitar a entrada de cidadãos chineses em seu país e impor sanções comerciais a Hong Kong.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, disse que seu país se opõe com firmeza às ações dos EUA.

"As medidas anunciadas interferem gravemente com os assuntos internos da China, danificam as relações EUA-China e prejudicarão os dois lados. A China se opõe com firmeza a isto", disse Zhao, citado pela agência Reuters.

O ministro ainda falou que a China prepara um "contra-ataque firme".

"Quaisquer palavras ou ações dos EUA que prejudiquem os interesses da China se depararão com um contra-ataque firme da China", afirmou.

Na semana passada, o Parlamento chinês votou pela imposição de uma lei de segurança nacional para Hong Kong.

O presidente dos EUA, Donald Trump, classificou a medida como uma tragédia para o povo da cidade e que a acusou de violar a promessa chinesa de proteger a autonomia da ilha.

Trump ainda anunciou que suspenderia a entrada dos cidadãos chineses que representassem risco potencial para a segurança dos Estados Unidos.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала