Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Congresso dos EUA aprova lei que prevê sanções contra a China

© REUTERS / Aly SongBandeiras da China e dos EUA ondulando em Xangai, China
Bandeiras da China e dos EUA ondulando em Xangai, China - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Congresso dos Estados Unidos aprovou uma lei com o objetivo de responsabilizar a China por supostas violações de direitos humanos contra os uigures e também outros grupos minoritários muçulmanos no país.

A Câmara dos Representantes adotou nesta quarta-feira (27) a Lei de Política de Direitos Humanos de Uigures de 2020 com uma votação de 413 votos a favor e apenas um contra.

A matéria, que prevê sanções à China, agora depende da aprovação do presidente norte-americano, Donald Trump, para entrar em vigor. A lei foi aprovada no dia 14 de maio no Senado dos EUA de forma unânime.

O projeto condena supostas violações de direitos humanos de muçulmanos turcos da etnia uigur na região chinesa de Xinjiang e pede o fim da detenção arbitrária e assédio contra essas comunidades dentro e fora da China.

© AP Photo / Evan VucciO presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-premiê da China, Liu He, durante cerimônia de assinatura do acordo comercial entre os dois países na Casa Branca (foto de arquivo)
Congresso dos EUA aprova lei que prevê sanções contra a China - Sputnik Brasil
O presidente dos EUA, Donald Trump, e o vice-premiê da China, Liu He, durante cerimônia de assinatura do acordo comercial entre os dois países na Casa Branca (foto de arquivo)

A China tem sido criticada por supostamente manter até um milhão de uigures étnicos e outros muçulmanos turcos em "campos de reeducação" sob o pretexto de combater o terrorismo e o extremismo religioso.

Pequim negou em várias ocasiões que existam "campos de reeducação" dentro de seu território e afirma que o país está cumprindo plenamente a Convenção Internacional sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала