Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

OMS prevê 88,3 mil mortes por COVID-19 no Brasil até início de agosto

© Folhapress / Sandro Pereira / FotoarenaCovas abertas no Cemitério Parque de Manaus, em 21 de abril de 2020, no bairro Tarumã, zona oeste da cidade de Manaus
Covas abertas no Cemitério Parque de Manaus, em 21 de abril de 2020, no bairro Tarumã, zona oeste da cidade de Manaus - Sputnik Brasil
Nos siga no
A diretora-geral da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Carissa Etienne, disse nesta terça-feira (26), que calcula que o Brasil tenha 88.300 mortes por COVID-19 até o dia 4 de agosto.

Etienne afirmou, segundo uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo, que "não há dúvidas" de que a América é o novo epicentro da pandemia do novo coronavírus, destacou os Estados Unidos e o Brasil, que vêm registrando os maiores números diários de novos casos da doença.

Marcos Espinal, diretor do Programa de Doenças Transmissíveis da Opas, disse que o órgão está "muito preocupado" com a situação no Brasil.

"O Brasil precisa aumentar o número de testes. Atualmente, são cerca de três mil por milhão de habitantes. Em um país tão grande, de cidades povoadas como Rio e São Paulo, é de importância vital implementar medidas de mitigação, como aumentar os testes e tentar manter o distanciamento social", afirmou Espinal.

A Opas é o braço da Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas.

Segundo o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (25), 23.473 pessoas morreram de COVID-19 no Brasil.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала