- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Celso de Mello nega acesso de Flávio Bolsonaro a depoimento de Paulo Marinho

© Foto / Fellipe Sampaio/Divulgação/STF Ministro Celso de Mello durante sessão do STF.
Ministro Celso de Mello durante sessão do STF. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta segunda-feira (25) impor sigilo no depoimento que será prestado pelo empresário Paulo Marinho.

Celso de Mello também negou o pedido do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) para acompanhar pessoalmente o depoimento, além de ter acesso depois à sua transcrição.

Na decisão, citada pelo jornal Folha de S.Paulo, Celso de Mello afirmou que o inquérito policial, "em face de sua unilateralidade e consequente caráter inquisitivo, não permite que, nele, se instaure o regime de contraditório".

O empresário será ouvido nesta terça-feira (26), na Superintendência da Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro, no inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na PF.

Em entrevista, Paulo Marinho disse que Flávio Bolsonaro foi avisado com antecedência por um delegado da PF sobre a deflagração da Operação Furna da Onça. A defesa de Flávio Bolsonaro nega a acusação.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала