Rússia reduz drasticamente seus títulos da dívida pública americana

© AFP 2022 / Paul J. RichardsEdifício do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington, 24 de janeiro de 2017
Edifício do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington, 24 de janeiro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Participação russa nos títulos da dívida dos EUA caiu de US$ 12,5 bilhões (R$ 72,1 bilhões) para US$ 3,8 bilhões (R$ 22 bilhões) de fevereiro a março deste ano.

Desta forma, a Rússia marcou sua menor participação nos títulos da dívida americana nos últimos anos, reduzindo a mesma em cerca de três vezes.

Desde setembro de 2019, os títulos americanos da Rússia oscilaram entre US$ 10 bilhões (por volta de R$ 57 bilhões) e US$ 12 bilhões (aproximadamente R$ 68 bilhões), segundo dados do Tesouro dos EUA.

Redução tendencial

O país euroasiático vem reduzindo sua participação nos títulos americanos desde maio de 2017 com sua política de desdolarização de sua economia e resposta às sanções impostas pelos EUA.

No acumulado, a Rússia já reduziu mais de 96% de seus títulos.

Em direção inversa, o Japão aumentou seus títulos americanos ao longo do último ano e continua sendo o país estrangeiro com maior volume de títulos, seguido pela China.

Em abril de 2019, o investimento japonês era de US$ 1,06 trilhão (cerca de R$ 6 trilhões). Já em março, o país asiático detinha US$ 1,2 trilhão (R$ 6,8 trilhões).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала