Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

União Europeia: Alemanha e França defendem doações de US$ 500 bilhões para retomada econômica

© REUTERS / Alain JocardTestes de coronavírus sendo analisados em laboratório em Paris, na França, 11 de maio de 2020
Testes de coronavírus sendo analisados em laboratório em Paris, na França, 11 de maio de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Alemanha e França concordaram nesta segunda-feira (18) com a criação de um fundo único de US$ 543 bilhões, cerca de R$ 3 trilhões, para ajudar a União Europeia a se recuperar da pandemia de coronavírus.

A proposta seria mais uma injeção de capital em um arsenal de medidas financeiras que o bloco está preparando para lidar com as consequências econômicas da emergência de saúde, informa a agência de notícias Associated Press. 

Após uma videochamada, a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente francês Emmanuel Macron disseram que o plano prevê o empréstimo de recursos da União Europeia a mercados financeiros para ajudar setores e regiões particularmente afetados pela pandemia.

O dinheiro seria desembolsado na forma de doações e não de empréstimos, com pagamentos feitos pelo orçamento da UE, uma proposta sem precedentes que supera objeções de longa data em Berlim à noção de empréstimos coletivos.

"Devido à natureza incomum da crise, estamos escolhendo um caminho incomum", disse Merkel em coletiva de imprensa. 

Macron disse que a proposta era uma maneira de "fazer a Europa avançar".

"Precisamos tirar todas as lições dessa pandemia", disse ele, insistindo na necessidade de "solidariedade'' entre os Estados-membros do bloco europeu. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала