EUA pressionam por mais acesso ao mercado belorrusso

© AP Photo / Sergei GritsMike Pompeo, secretário de Estado norte-americano, em visita à Bielorrússia (arquivo)
Mike Pompeo, secretário de Estado norte-americano, em visita à Bielorrússia (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos estão pressionando a Bielorrússia por maior abertura do seu mercado para companhias norte-americanas, como confirmou o Departamento de Estado dos EUA nesta sexta-feira (15).

"Os Estados Unidos exortam a Bielorrússia a aproveitar os progressos alcançados para aumentar o acesso das empresas americanas ao seu mercado e a empreender as reformas orientadas para o mercado, liberalizantes do comércio, necessárias para avançar no processo de adesão à OMC [Organização Mundial do Comércio]. Esses desenvolvimentos ajudarão a Bielorrússia a liberar todo o seu potencial comercial e de investimento e a garantir seu futuro", disse o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, por meio de nota. 

​Também hoje (15), o ministro das Relações Exteriores da Bielorrússia, Vladimir Makei, confirmou que o país começou a receber carregamentos de petróleo dos EUA, o que, segundo Pompeo, fortalecerá a soberania e a independência do país europeu.

"A entrega de petróleo americano faz parte da estratégia do Estado de diversificar as fontes [de suprimento] e garantir o funcionamento constante do complexo de processamento de petróleo da Bielorrússia em 2020 e nos anos seguintes", afirmou o chanceler bielorrusso em comunicado.

Segundo Makei, seu país pretende continuar agindo para aumentar as relações de parceria com os EUA e promover os laços econômicos bilaterais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала