Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Instagram bloqueia post de Bolsonaro por espalhar conteúdo falso sobre a COVID-19

© Foto / Marcos Corrêa/Divulgação/Palácio do Planalto Presidente da República Jair Bolsonaro, durante coletiva de imprensa.
 Presidente da República Jair Bolsonaro, durante coletiva de imprensa. - Sputnik Brasil
Nos siga no
A rede social Instagram bloqueou uma publicação do presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira (12) por oferecer informações falsas sobre a pandemia do novo coronavírus.

Em uma dos recentes "stories" no perfil do presidente, o Instagram bloqueou a imagem postando como um aviso: "Verificadores independentes afirmam que isso é falso; as principais reivindicações nessas informações são imprecisas".

A Agência Lupa, empresa de verificação de fatos com a qual o Facebook (proprietário do Instagram) trabalha no Brasil, concluiu que as informações publicadas por Bolsonaro eram falsas.

O presidente publicou uma postagem afirmando que as mortes por doenças respiratórias no estado do Ceará caíram entre março e maio deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

CC0 / Pixabay / Aplicativo de instagram (foto referencial)
Instagram bloqueia post de Bolsonaro por espalhar conteúdo falso sobre a COVID-19 - Sputnik Brasil
Aplicativo de instagram (foto referencial)

As figuras alegadas foram acompanhadas pela seguinte frase: "Todas as vidas são importantes; no entanto, há algo muito estranho no ar".

O aviso divulgado pelo Instagram observa que é falso que as mortes por doenças respiratórias no Ceará tenham diminuído em 2020. Pelo contrário, durante a pandemia de COVID-19 elas aumentaram 33%.

Nas últimas semanas, o Facebook e o Twitter também bloquearam mensagens de Bolsonaro nas quais ele defendia o fim das medidas de isolamento social e questionava a virulência do vírus – contrariando autoridades de todo o mundo e organismos como a OMS.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала