'Taxa de mortalidade por COVID-19 na Rússia é 7,4 vezes abaixo da média global', diz vice-premiê

© Sputnik / Vladimir Astapkovich / Abrir o banco de imagensPessoas com máscaras na Praça Vermelha, em Moscou, em meio à pandemia
Pessoas com máscaras na Praça Vermelha, em Moscou, em meio à pandemia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A vice-primeira-ministra da Rússia, Tatiana Golikova, declarou nesta segunda-feira (11) que a taxa de mortalidade por COVID-19 na Rússia é 7,4 vezes menor que a média no resto do mundo.

"Eu também gostaria de observar que a diminuição da proporção de pneumonia de 25% para 20,6% entre as pessoas infectadas, uma redução quase nove vezes maior a partir da data do início da doença e da hospitalização, bem como uma desaceleração de 2,6 vezes no ritmo de aumento de novos casos, nos permitiu ter uma taxa de mortalidade bastante baixa na Federação da Rússia, que agora é 7,4 vezes menor do que no resto do mundo, em média", disse Golikova em uma reunião sobre a situação do coronavírus na Rússia.

A vice-primeira-ministra enfatizou a necessidade de reduzir ainda mais a taxa de mortalidade.

Ao comentar a taxa de crescimento diário de casos de coronavírus no país, Golikova afirmou que o número caiu para 5,6%, acrescentando que algumas regiões russas ainda estão apresentando um ritmo acelerado.

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou nesta segunda-feira (11) novas medidas de apoio econômico e social aos cidadãos russos, assim como a saída gradual da quarentena. Em particular, ele defendeu a retomada das atividades em setores básicos como comunicações, energia, produção alimentar, indústria e construção.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала