- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Roberto Jefferson diz que Bolsonaro deveria fechar STF e Globo e publica foto com fuzil

© Folhapress / Mateus BonomiO ex-deputado federal Roberto Jefferson, durante entrevista exclusiva à Folha de S.Paulo, na sede nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, em Brasília (DF), em 2018.
O ex-deputado federal Roberto Jefferson, durante entrevista exclusiva à Folha de S.Paulo, na sede nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, em Brasília (DF), em 2018. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ex-deputado Roberto Jefferson publicou mensagens neste sábado (9) sobre o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e criticas à China.

Delator do mensalão e antigo defensor de Fernando Collor, Jefferson afirmou que o presidente precisa, "para atender o povo e tomar as rédeas do governo", ter duas ações: "demitir e substituir" os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e cassar "todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias GLOBO".

Presidente nacional do PTB, partido do centrão, bloco que negocia aproximação com Bolsonaro, o ex-deputado também criticou a decisão do STF de barrar a expulsão de diplomatas da Venezuela. Sobre a Globo, diz que Bolsonaro é alvo de "campanha infame" feita por "sodomitas, autores e diretores das novelas inspiradas em Sodoma e Gomorra".

O líder do centrão também escreveu, sem provar suas acusações, que o Partido Comunista Chinês "exportou o coronavírus para o mundo ocidental, agora exporta respiradores artificiais defeituosos para os países."

A série de conselhos ao presidente da República termina com uma foto de Jefferson empunhando um fuzil:

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала