Trump diz não acreditar que China vazou coronavírus de propósito

© REUTERS / Leah MillisPresidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing diário sobre coronavírus na Casa Branca, em Washington, EUA, 17 de abril de 2020
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing diário sobre coronavírus na Casa Branca, em Washington, EUA, 17 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nesta sexta-feira (8), durante entrevista, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou acreditar ter se tratado de incompetência, e não intenção maliciosa, a propagação do coronavírus da China.

"[China] fez uma coisa terrível. Eu não acredito que foi feito de propósito, mas foi provavelmente feito por incompetência e provavelmente vazado, e eles não souberam como falar sobre isso", disse Trump em entrevista ao canal Fox News.

Trump ainda acrescentou que os Estados Unidos ofereceram apoio à China desde o começo da pandemia, mas o suporte foi rejeitado.

As declarações do presidente dos EUA surgem após o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, ter admitido que Washington não tem certeza sobre a origem do coronavírus, apesar de ter afirmado na semana passada que uma "enorme evidência" comprovou que o vírus foi feito em um laboratório chinês.

Pequim tem repetidamente rejeitado a teoria das autoridades norte-americanas sobre a origem da COVID-19. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, disse que os EUA deveriam "tratar de seus assuntos internos corretamente primeiro", em vez de tentar pôr a culpa na China.

Anteriormente Donald Trump suspendeu o financiamento dos EUA à OMS acusando-a de ser "centrada na China e promovendo a desinformação" chinesa sobre o surto. Os funcionários da OMS negaram isso e a China insiste que foi transparente e aberta.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала