Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Descobertas 10.000 relíquias de ouro da dinastia Ming na China (FOTOS)

© Foto / Enigma RecoveryGarrafa produzida na última dinastia da Era Ming, na China
Garrafa produzida na última dinastia da Era Ming, na China - Sputnik Brasil
Nos siga no
Mais de 10.000 artefatos da dinastia Ming foram encontrados em um sítio arqueológico na China, sendo que a maioria das peças é feita de metais preciosos como ouro e prata.

Entre as diversas peças de ouro e prata havia moedas, lingotes, talheres, joias e roupas. Um dos artefatos mais notáveis é um selo de ouro quadrado com a parte superior em forma de tartaruga, segundo o tabloide britânico Daily Mail.

Acredita-se que a peça tenha sido de um príncipe da dinastia Ming, que governou a China entre os anos de 1368 e 1644.

​Mais de 10.000 relíquias, principalmente artefatos de ouro e prata, foram escavadas em Jiangkou, parte do rio Minjiang, na cidade de Meishan, Sichuan, na China, segundo autoridades locais. O sítio é datado do final da dinastia Ming (1368 – 1644).

Os valiosos objetos foram descobertos em um sítio histórico de Jiangkou Chenyin, na província de Sichuan. As escavações fazem parte de um projeto arqueológico maior, iniciado em 2017, segundo mídia.

Nas primeiras etapas das escavações, em 2017 e 2018, foram desenterrados mais de 42.000 artefatos do sítio arqueológico que cobre uma área de cinco mil metros quadrados.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала