Reis sumérios poderiam indicar localização do Jardim do Éden, diz especialista

Nos siga noTelegram
O Jardim do Éden, o Paraíso bíblico descrito no Gênesis, é considerado mitológico por muitos estudiosos, mas quem aceita sua veracidade tem adiantado vários lugares onde ele teria se situado.

Tom Meyer, professor universitário especialista da Bíblia e conhecido como o Homem da Memória Bíblica por conseguir recitar de cor mais de 20 livros bíblicos, adiantou ao Express no 1º de maio que o segredo da localização poderia estar contido na Lista de Reis Sumérios, redigida em escrita cuneiforme.

O artefato, para além da lista de reis, conta a história da antiga povoação mesopotâmica de Eridu, descrevendo-a como a primeira cidade jamais construída.

Tom Meyer afirma na entrevista que o Jardim do Éden pode ter sido localizado em Eridu, em uma região no sul do atual Iraque.

"O antigo local do Jardim do Éden – termo hebraico para 'deleite' ou 'prazer' – estima-se que esteja algures localizado em Eridu sob um aglomerado de tels", afirmou Meyer ao Express.

Um tel, que em hebraico significa colina, morro ou monte, é um termo técnico usado em arqueologia para definir os sítios arqueológicos que resultam da acumulação de resíduos sobrepostos de sucessivas civilizações humanas, explicou o professor universitário.

© Foto / Domínio PúblicoPlaca de argila com inscrições em escrita cuneiforme suméria (imagem referencial)
Reis sumérios poderiam indicar localização do Jardim do Éden, diz especialista - Sputnik Brasil
Placa de argila com inscrições em escrita cuneiforme suméria (imagem referencial)

Outro argumento invocado por Meyer para apoiar sua teoria é a proximidade de Eridu de outras cidades mencionadas nos registros bíblicos.

"A cidade bíblica de Ur, onde se situava a casa de Abraão, ficava a 19 quilômetros de Eridu. Erech, capital do famoso rei Ninrod, estava a 80 km de Eridu e a cidade da Babilônia construída por Ninrod localizava-se a 240 quilômetros a norte de Eridu", adiantou Meyer.

A Lista de Reis Sumérios, igualmente conhecida por Lista Real Sumeriana, data da Idade Média do Bronze, entre 2.100 a.C. e 1.650 a.C. e está atualmente em exposição no Ashmolean Museum, em Oxford, no Reino Unido.

Na tradição judaico-cristã, o Jardim do Éden corresponde ao Paraíso e ao local do episódio com Adão e Eva. Sua localização é descrita no Livro do Gênesis como sendo na confluência de quatro rios, o que, na busca pela sua localização, tem levado a privilegiar a zona do atual Iraque onde os rios Tigre e Eufrates desaguam no mar.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала