Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Forças russas no Extremo Oriente recebem sistema de radar capaz detectar caças furtivos F-35 e F-22

Nos siga no
Novos sistemas de radar Nebo-M e Podlet, reforçados com sistema de controle automático Fundament-M, irão monitorar os céus no Extremo Oriente russo.

De acordo com o jornal russo Izvestia, que cita fontes no Ministério da Defesa da Rússia, o referido equipamento militar foi recebido por uma das brigadas radiotécnicas do Extremo Oriente. Anteriormente, em 2018, o sistema de radar Nebo-M entrou em serviço na Crimeia.

Com um alcance de até 1.000 quilômetros, o radar é capaz de detectar e rastrear vários tipos de alvos aerodinâmicos, como aviões, helicópteros, mísseis balísticos e de cruzeiro, inclusive caças com tecnologia furtiva.

Até 2021 o Ministério da Defesa da Rússia planeja entregar às forças radiotécnicas ao menos 20 unidades de sistemas Nebo-M.

Na semana passada, a Base de Eielson da Força Aérea dos EUA, localizada no Alasca, recebeu as duas primeiras aeronaves furtivas F-35A, anunciou a entidade em um comunicado de imprensa. A base vai abrigar 54 caças furtivos até o final do ano.

Anteriormente, o especialista militar Aleksei Leonkov disse em entrevista ao portal russo Zvezda que os caças F-22 Raptor e F-35 Lightning II dos EUA, que dispõem de tecnologia furtiva, são detectados pelos sistemas de radar da defesa antiaérea russa.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала