- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Gastos com defesa: Brasil reduz despesas militares em 2019, mas mantém lugar no ranking

© Foto / 3° Sargento Gustavo - 5° DE / Exército BrasileiroAs tropas treinaram uma ação de retomada e ocupação da Usina de Itaipu.
As tropas treinaram uma ação de retomada e ocupação da Usina de Itaipu. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os aumentos nos gastos militares aceleraram em 2019. Sete dos onze países com maiores orçamentos militares no mundo os aumentaram, um manteve o mesmo e três o baixaram, incluindo o Brasil, que manteve o 11º lugar.

Os gastos mundiais com armamento em 2019 cresceram 3,6% relativamente a 2018, aponta o Instituto Internacional de Estudos para a Paz de Estocolmo (SIPRI, na sigla em inglês), em comparação com o ano de 2018, em que subiram 2,6% em relação ao ano anterior.

O valor total gasto em defesa globalmente perfez cerca de US$ 1,92 trilhão (R$ 10,81 trilhões) em 2019, aumentando em relação a US$ 1,82 trilhão (R$ 10,28 trilhões) em 2018.

Os EUA mantiveram sua posição dominante, com um crescimento de 5,3% nas despesas militares e um valor total de US$ 732 bilhões (R$ 4,12 trilhões). China, França e Coreia do Sul também se mantiveram no 2º, 6º e 10º lugares, respectivamente, diz o relatório.

O Brasil se manteve no 11º lugar, investindo menos 0,5% nas Forças Armadas em 2019, com US$ 26,9 bilhões (R$ 151,6 bilhões). A Rússia ascendeu ao 4º lugar depois de em 2018 ter estado em 5º lugar, fazendo crescer suas despesas militares em 4,5% nesse período, com US$ 61,4 bilhões (R$ 346,1 bilhões) no total.

Ranking de despesa militar em 2019

  1. EUA (0) 
  2. China (0)
  3. Índia (+1)
  4. Rússia (+1)
  5. Arábia Saudita (-2)
  6. França (0)
  7. Alemanha (+2)
  8. Reino Unido (-1)
  9. Japão (-1)
  10. Coreia do Sul (0)
  11. Brasil (0)

Com exceção do Reino Unido, que gastou o mesmo, e do Brasil, Japão e Arábia Saudita, que reduziram as despesas, todos os países mencionados acima aumentaram seus gastos militares. A Alemanha aumentou-os em 10% e a Arábia Saudita reduziu-os em 16%.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала