Asteroide com centenas de metros 'potencialmente perigoso' é esperado em maio pela NASA

© Foto / Pixabay / MasterTuxIlustração artística de asteroide se aproximando da Terra
Ilustração artística de asteroide se aproximando da Terra - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Rochas da categoria Apollo são consideradas as "intrusas" espaciais mais perigosas, levando o sistema de rastreamento da NASA a monitorar de perto seus movimentos.

Um asteroide de quase 500 metros de diâmetro está atualmente voando em direção ao nosso planeta, e chegará particularmente perto no dia 7 de maio, revela o Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra (CNEOS, na sigla em inglês) da NASA.

A rocha espacial tem o nome 2009 XO, ou 438908, e, de acordo com as estimativas da agência, depois de julgar a forma como reflete a luz, pode acabar não tendo mais de 210 metros de diâmetro.

2009 XO é designado como um objeto "potencialmente perigoso" pela NASA, pois pertence à classe Apollo de asteroides, o que significa que sua órbita se cruza com a órbita do nosso planeta. O asteroide se moverá a uma velocidade de 12,7 quilômetros por segundo no começo do dia 7 de maio.

Não se espera que se aproxime mais de aproximadamente 3.394 quilômetros de nosso planeta, mas ainda é considerado "próximo" e "potencialmente" perigoso pela agência espacial norte-americana.

A rocha orbita o Sol a cada 926 dias, mas só se aproxima dele a uma distância de 127,5 milhões de quilômetros.

Os asteroides Apollo geralmente passam a maior parte de sua vida fora da órbita de nosso planeta, ao contrário dos asteroides Aten, e alguns deles são cuidadosamente monitorados pela NASA devido ao seu estado "potencialmente perigoso", e também devido aos significativos danos regionais que podem causar no caso de uma colisão.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала