Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Desemprego nos EUA pode atingir níveis da crise de 1929, diz funcionário da Casa Branca

© REUTERS / Jonathan ErnstPresidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing diário da força-tarefa contra o coronavírus na Casa Branca, em Washington, EUA, 23 de abril de 2020
Presidente dos EUA, Donald Trump, durante briefing diário da força-tarefa contra o coronavírus na Casa Branca, em Washington, EUA, 23 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O desemprego nos Estados Unidos pode atingir níveis nunca vistos desde a Grande Depressão, afirmou, neste domingo (26), Kevin Hassett, consultor econômico do presidente norte-americano Donald Trump.
"Vamos ver uma taxa de desemprego que se aproxima das taxas que acho que vimos durante a Grande Depressão", disse Hassett em entrevista à emissora ABC.

A taxa de desemprego nos EUA durante a Grande Depressão atingiu o pico em 1933, quando chegou a 25%. Entre 1931 e 1940, o desemprego permaneceu acima de 14% nos EUA. Desde então, o desemprego ultrapassou o limite de 10% em duas ocasiões no país - em 1982 e 2009.

Enquanto isso, 26 milhões de norte-americanos entraram com pedidos de auxílio-desemprego em fevereiro e março deste ano. O Escritório de Orçamento do Congresso dos EUA prevê que o desemprego aumentará em 3,8% no primeiro trimestre de 2020, chegará a 14% no segundo trimestre, 16% no terceiro trimestre e cairá para 10,1% até o final de 2021.

Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, os EUA têm hoje 954.182 casos confirmados do novo coronavírus e 54.573 mortes causadas pela doença.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала