Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 24 de abril

© REUTERS / Ricardo Moraes Devota de São Jorge durante celebração do dia do santo, no Rio de Janeiro, 23 de abril de 2020
Devota de São Jorge durante celebração do dia do santo, no Rio de Janeiro, 23 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Bom dia! A Sputnik Brasil está de olho nas matérias mais relevantes desta sexta-feira (24), na qual o diretor-geral da Polícia Federal é exonerado do cargo, as tensões entre Pequim e Washington aumentam e Trump expressa dúvidas acerca da veracidade de relatórios sobre a saúde de Kim Jong-un.

Coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde confirmou 49.492 casos de COVID-19 e 3.313 vítimas fatais, um aumento de 8,2% no número de óbitos em 24 horas. Em somente uma semana, mais de 1.172 mortes foram confirmadas, o que leva o grupo de especialistas de sete universidades brasileiras Observatório COVID-19 a concluir que a propagação da doença no Brasil está mais acelerada do que na Espanha, reportou o portal G1.

© REUTERS / Amanda Perobelli Enfermeiros do Hospital Dr. José Soares Hungria, em São Paulo, durante enterro de seu colega de trabalho, 23 de abril de 2020
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 24 de abril - Sputnik Brasil
Enfermeiros do Hospital Dr. José Soares Hungria, em São Paulo, durante enterro de seu colega de trabalho, 23 de abril de 2020

Diretor-geral da Polícia Federal é exonerado do cargo e STF aumenta pressão sob governo

Nesta sexta-feira (24), o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Leite Valeiro, foi exonerado do cargo. O diretor foi nomeado pelo ministro Sérgio Moro, que pode ser o próximo a deixar o governo Jair Bolsonaro. Leia mais sobre a exoneração aqui. Além disso, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello determinou que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) avalie o pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro, enviado à casa no final de março.

© REUTERS / Amanda Perobelli Morador de São Paulo, cuja mãe faleceu recentemente de COVID-19, deixa mensagens de protesto na porta de sua garagem, 23 de abril de 2020
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 24 de abril - Sputnik Brasil
Morador de São Paulo, cuja mãe faleceu recentemente de COVID-19, deixa mensagens de protesto na porta de sua garagem, 23 de abril de 2020

Trump acredita que informações sobre doença de Kim Jong-un são incorretas

Nesta terça-feira (23), o presidente dos EUA, Donald Trump, declarou acreditar que as informações que indicam que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, estaria com graves problemas de saúde "são incorretas" e baseadas em "documentos antigos". Trump disse "ter uma boa relação" com a Coreia do Norte e com Kim Jong-un e esperar "que ele esteja bem". Leia mais sobre especulações sobre o estado de saúde do líder norte-coreano.

Congresso dos EUA aprova pacote de ajuda de quase US$ 500 bilhões

A câmara baixa do Congresso dos EUA aprovou um pacote de US$ 484 bilhões (cerca de R$ 2 trilhões) para financiar pequenas empresas e hospitais durante a pandemia de COVID-19. O legislativo norte-americano já canalizou quase US$ 3 trilhões (cerca de R$16 trilhões) em estímulos, enquanto o número de desempregados nos EUA chega a níveis superiores aos da Grande Depressão de 1929. Os EUA são o país mais afetado pela COVID-19 mundialmente, com mais de 869 mil casos e 49.463 mil vítimas fatais, de acordo com a Universidade Johns Hopkins (EUA).

© REUTERS / Nick Oxford Médico com paciente que espera resultado de teste para a COVID-19, na cidade de Shawnee, no estado de Oklahoma, EUA, 23 de abril de 2020
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 24 de abril - Sputnik Brasil
Médico com paciente que espera resultado de teste para a COVID-19, na cidade de Shawnee, no estado de Oklahoma, EUA, 23 de abril de 2020

EUA não devem voltar a financiar a OMS, diz Pompeo

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, acredita que os EUA podem não voltar a financiar a Organização Mundial da Saúde (OMS) no futuro e disse "estudar" a possibilidade de criar um órgão alternativo a ela. Os EUA suspenderam o financiamento da organização que coordena a resposta mundial contra a COVID-19, acusando-a de ser "centrada na China" e promover "desinformação chinesa" sobre o novo coronavírus. Os EUA eram o maior financiador da OMS, respondendo por cerca de 15% do orçamento da organização.

China vai processar cidadão do Belize por 'interferência' em Hong Kong

Nesta sexta-feira (24), a China anunciou que irá processar um cidadão do país centro-americano Belize, por financiar "elementos hostis nos EUA" e "conspirar com forças estrangeiras e anti-chinesas para interferir em Hong Kong". Ele também é acusado de financiar atividades que colocariam em risco a segurança nacional chinesa. A investigação criminal contra o cidadão de Belize foi concluída ontem pela procuradoria da cidade de Guangzhou e o processo deve ter início ainda hoje. Belize não tem relações diplomáticas com a China, mas sim com Taiwan, que a China considera uma república rebelde.

© REUTERS / Jerome FavreEstudantes de Hong Kong retomam paulatinamente suas atividades escolares, 24 de abril de 2020
Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 24 de abril - Sputnik Brasil
Estudantes de Hong Kong retomam paulatinamente suas atividades escolares, 24 de abril de 2020

EUA querem retomar liderança no mercado de energia nuclear

Nesta sexta-feira (24), o Ministério da Energia dos EUA publicou um relatório no qual defende que os EUA devem reduzir a influência da Rússia e da China no mercado mundial de energia nuclear e retomar a liderança nessa esfera. O documento sugere que os EUA impeçam projetos de Pequim e Moscou em países "do Leste europeu e da África" e diminuam a importação de combustível nuclear produzido na Rússia. O relatório segue para apreciação do presidente dos EUA, Donald Trump.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала