Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Contra coronavírus, México anuncia pacote de estímulo de US$ 25,6 bilhões

© REUTERS / Carlos JassoMulher usa proteção facial para correr no parque na Cidade do México, 8 de abril de 2020
Mulher usa proteção facial para correr no parque na Cidade do México, 8 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente do México, Andrés Manuel Lopez Obrador, disse nesta quarta-feira (22) que aumentará os gastos em programas sociais e projetos críticos em US$ 25,6 bilhões (cerca de R$ 140 bilhões) para atenuar os impactos da pandemia.

O anúncio de Lopez Obrador ocorre um dia depois do Banco Central divulgar US$ 31 bilhões (cerca de R$ 168 bilhões) em apoio ao sistema financeiro, com cerca de um terço destinado a um mecanismo de financiamento para os bancos aumentarem os empréstimos.

O pacote anunciado tem poucos detalhes, mas parece ir muito além dos US$ 2,5 bilhões (cerca de R$ 13,5 bilhões) anunciados na semana passada que o governo estava se preparando para injetar na economia.

No entanto, o plano foi recebido com algum ceticismo após críticas de sua relutância em apoiar empresas e empregos com medidas agressivas de socorro, informa a agência de notícias Reuters. O setor privado e os economistas alertam que a economia corre riscos de recessão profunda.

Nikhil Sanghani, economista da Capital Economics, com sede em Londres, disse que o anúncio de Lopez Obrador é um sinal positivo, mas alertou que o seu volume, cerca de 3% do PIB, é muito menor do que o apoio fiscal promulgado em outros mercados emergentes.

"Tememos que isso tenha chegado tarde demais. É por isso que ainda esperamos uma queda de 8% no PIB do México neste ano e apenas uma recuperação gradual após o choque do coronavírus", disse Sanghani.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала