Mar do Sul da China: EUA enviam 2 navios de guerra em meio a tensões entre China e Malásia

© AFP 2022 / HO / Marinha dos EUA / AFP Navio USS McCampbell (DDG 85) dos EUA no Golfo Pérsico
Navio USS McCampbell (DDG 85) dos EUA no Golfo Pérsico - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Dois navios de guerra dos EUA estão operando no mar do Sul da China, informou nesta terça-feira (21) a Marinha norte-americana, tendo três fontes de segurança regional detalhado que os navios norte-americanos estavam perto da zona de impasse entre China e Malásia.

Na semana passada, o navio de pesquisa chinês Haiyang Dizhi 8 foi avistado realizando pesquisa perto de uma embarcação de exploração operada pela companhia petrolífera estatal da Malásia, Petronas.

O incidente fez com que Washington apelasse a Pequim para cessar com "comportamento de bullying" em águas territoriais disputadas, manifestando preocupações com as ações provocativas chinesas devido a explorações de petróleo e gás natural na área.

Navio de assalto anfíbio USS America e cruzador de mísseis guiados USS Bunker Hill foram enviados e estavam operando no mar do Sul da China, declarou nesta terça-feira (21) Nicole Schwegman, porta-voz do Comando do Pacífico dos Estados Unidos (USPACOM, na sigla em inglês).

"Através da nossa contínua presença operacional no mar do Sul da China, estamos trabalhando [...] para promover liberdade de navegação e sobrevoos, e os princípios internacionais que sustentam a segurança e a prosperidade do Indo-Pacífico", afirmou Nicole Schwegman em comunicado enviado por e-mail para a agência Reuters.

O comandante do Grupo de Ataque Expedicionário do USS America, contra-almirante Fred Kacher, disse à Reuters que as suas forças interagiram com as forças navais chinesas no mar do Sul da China nesta semana.

"Todas as nossas interações com eles [chineses] continuam sendo seguras e profissionais", avançou contra-Almirante em uma entrevista telefônica do navio USS America.

Anteriormente, quando o navio Haiyang Dizhi 8 encontrava-se na costa do Vietnã, um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês afirmou que o navio estava envolvido em atividades normais e acusou as autoridades americanas de difamar Pequim.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала