Impacto da COVID-19: economia da China registra queda de 6,8% no 1º trimestre

© REUTERS / Tingshu WangPessoas com máscaras protetoras no metrô de Pequim, na China, 7 de abril de 2020
Pessoas com máscaras protetoras no metrô de Pequim, na China, 7 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A economia da China encolheu 6,8% no período de janeiro a março em relação a igual período do ano anterior. 

Os dados publicados nesta sexta-feira (17) indicam a primeira retração desde pelo menos 1992, quando começaram os registros trimestrais do Produto Interno Bruto (PIB).

A queda histórica na segunda maior economia do mundo ocorre após os esforços para conter o coronavírus, que surgiu na China no final do ano passado e forçou o fechamento de fábricas, transporte público e centros de compras. 

Outros países enfrentam hoje o mesmo cenário e o comércio global foi duramente atingido, o que indica que uma recuperação imediata da China é improvável, informa a agência de notícias Reuters.

A queda foi maior que a previsão de 6,5% feita por analistas consultados pela Reuters e reverte uma expansão de 6% no quarto trimestre de 2019.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала