Trump anuncia reabertura gradual dos EUA

© REUTERS / Andrew Kelly Prédio do Empire State, em Nova York, iluminado para homenagear os agentes de saúde que combatem a COVID-19, 2 de abril de 2020
Prédio do Empire State, em Nova York, iluminado para homenagear os agentes de saúde que combatem a COVID-19, 2 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente Donald Trump anunciou nesta quinta-feira (16) a reabertura gradual da economia dos EUA.

"Com base nos dados mais recentes, nossa equipe de especialistas agora concorda que podemos começar a próxima frente de nossa guerra", disse Trump em entrevista coletiva. "Estamos abrindo nosso país."

Seu anúncio foi feito horas depois de novos dados mostrarem que o país, que é a principal economia do mundo, perdeu 22 milhões de empregos no mês passado. 

O presidente do Federal Reserve Bank de Nova York, John Williams, alertou que provavelmente levará "um ano ou dois", ou mais, para que a economia dos EUA recupere sua força. Grandes quedas nos índices da construção civil indicam que os danos econômicos podem ser duradouros. 

Trump caminhava para a campanha presidencial deste ano com números baixos de desemprego e aumento da produção do país, informa a agência de notícias AFP.

No entanto, as recomendações emitidas pela Casa Branca, em conjunto com consultores médicos, estão muito longe das esperanças anteriores de Trump de um fim súbito e generalizado das medidas de distanciamento social.

"Nossa abordagem delineará três fases na restauração de nossa vida econômica", afirmou Trump. "Não estamos abrindo tudo de uma vez, mas um passo cuidadoso de cada vez e, em alguns estados, eles poderão abrir mais cedo do que outros".

Alguns estados, disse Trump, já estão livres do impacto do coronavírus e, portanto, podem abrir "literalmente amanhã".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала