Irã diz ter criado avançada rede de sensores de mapeamento e comunicação para submarinos

© AP Photo / Presidência do IrãFateh, novo submarino de fabricação iraniana (foto de arquivo)
Fateh, novo submarino de fabricação iraniana (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A tecnologia naval iraniana foi projetada para ajudar no mapeamento e na comunicação no mar, criando uma rede para identificação subaquática.

A rede sem fio de sensores, chamada Waza, foi projetada e desenvolvida pela Marinha iraniana com o objetivo de coletar informações subaquáticas, segundo o The Jerusalem Post.

Os iranianos afirmam que a rede de sensores submarinos foi desenvolvida pela ciência e é uma das tecnologias mais avançadas do mundo, utilizada apenas pelos países mais avançados, declarou Teerã.

© AFP 2022 / STRNavios militares iranianos durante reabastecimento, no Porto Sudão, em 6 de maio de 2014
Irã diz ter criado avançada rede de sensores de mapeamento e comunicação para submarinos - Sputnik Brasil
Navios militares iranianos durante reabastecimento, no Porto Sudão, em 6 de maio de 2014

Com forças terrestre e naval inferiores às de países inimigos, como Estados Unidos, o Irã investe no seu poder submarino, já que possui diversas classes diferentes, tendo muitas delas sido construídas pela Rússia há décadas e ainda sendo capazes de se aventurar em águas distantes.

Além disso, o Irã implantou minas e torpedos em seus submarinos, além de novas tecnologias que podem ajudar a revelar as "forças terroristas ocultas sob o comando de grandes potências" escondidas nas águas iranianas.

Anteriormente, o Irã utilizou suas tecnologias para abater um drone Global Hawk dos EUA que estava sobrevoando a costa iraniana.

O Irã segue demonstrando seu avanço tecnológico, através de testes e demonstrações envolvendo mísseis de cruzeiro, novas embarcações, drones de vigilância e outros equipamentos militares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала