Incêndios na zona de Chernobyl se aproximam dos depósitos de resíduos radioativos (VÍDEOS)

© REUTERS / Yaroslav EmelianenkoIncêndio queima na zona de exclusão em torno da usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, 5 de abril de 2020
Incêndio queima na zona de exclusão em torno da usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, 5 de abril de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Incêndios estão consumindo parte de uma floresta próxima a Chernobyl, no norte da Ucrânia, preocupando as autoridades locais que isso possa novamente liberar perigosas partículas radioativas na atmosfera.

Os incêndios que ardem na zona de exclusão da catástrofe nuclear de Chernobyl se encontram a apenas dois quilómetros dos depósitos de resíduos radioativos, informou Yaroslav Emelianenko, membro do conselho público da Agência Estatal para Gestão da Zona de Exclusão.

"O fogo chegou a Pripyat e se encontra a dois quilômetros dos depósitos Pidlisny, onde são armazenados os resíduos mais radioativos de toda a zona de Chernobyl", adiantou o membro do conselho público.

A Agência Estatal para Gestão da Zona de Exclusão informou no domingo (12) que "estes incêndios são importantes porque durante a combustão se liberam para o ar radionuclídeos artificiais [...] que permaneciam retidos na vegetação e na camada superficial do solo, e são transportados para distâncias significativas".

No entanto, a entidade ucraniana garantiu que a concentração das partículas liberadas é baixa demais para representar algum tipo de perigo para os seres vivos. Porém, em 6 de abril no epicentro do incêndio foi registrado um nível de radioatividade 16 vezes acima do normal.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала