Grupo aeronaval da China realiza manobras perto de Taiwan, afirma Ministério da Defesa da ilha

© AP Photo / Li Gang/XinhuaPorta-aviões chinês Liaoning realizando exercícios no mar do Sul da China acompanhado por fragatas e submarinos (foto de arquivo)
Porta-aviões chinês Liaoning realizando exercícios no mar do Sul da China acompanhado por fragatas e submarinos (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma força naval chinesa liderada pelo primeiro porta-aviões do país passou no domingo (12) pela costa oriental e meridional de Taiwan com o objetivo de realizar exercícios, disse o Ministério da Defesa da ilha.

Taiwan tem denunciado o aumento nas últimas semanas da presença militar chinesa perto de seu território, sugerindo que seria melhor que a China se concentrasse mais na luta contra o novo coronavírus em vez de ameaçar a ilha autogovernada.

O Ministério da Defesa de Taiwan informou que Liaoning, o primeiro porta-aviões operacional da China, acompanhado por mais cinco navios de guerra passou no sábado (11) pelo estreito de Miyako ao nordeste de Taiwan. No domingo, a força aeronaval navegou em águas perto da costa leste da ilha e, posteriormente, para o mar ao sul de Taiwan realizando exercícios, informou o ministério em comunicado.

As Forças Armadas de Taiwan acompanharam as movimentações do grupo de navios durante todo o percurso, "completando ações apropriadas para garantir a segurança nacional e proteger a paz e estabilidade regionais", acrescentou a entidade militar, relata agência Reuters.

© AP Photo / Kin CheungPorta-aviões Liaoning perto do porto de Hong Kong, China (foto do arquivo)
Grupo aeronaval da China realiza manobras perto de Taiwan, afirma Ministério da Defesa da ilha - Sputnik Brasil
Porta-aviões Liaoning perto do porto de Hong Kong, China (foto do arquivo)

O Exército de Libertação Popular da China realizou recentemente exercícios militares com navios, submarinos e jatos de combate em regiões disputadas do mar do Sul da China, onde é frequente a presença de navios da Marinha dos EUA, segundo autoridades militares chinesas.

As águas do mar do Sul da China são disputadas por vários países, inclusive Taiwan, no entanto, elas são principalmente controladas por Pequim e, por essa razão, são frequentemente visitadas por embarcações norte-americanas, que alegam estar garantindo a liberdade de navegação.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала