Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Descobertas pinturas de deusa egípcia em sarcófago de múmia de 3.000 anos (FOTOS)

© Sputnik / Ksenia Nikolskaya / Abrir o banco de imagensMúmia do Egito
Múmia do Egito - Sputnik Brasil
Nos siga no
As pinturas foram descobertas dentro do sarcófago de uma múmia egípcia retirada pela primeira vez do repouso há mais de um século.

Conservadores escoceses acharam as pinturas durante a reparação de Ta-Kr-Hb, que se pronuncia Takerheb e é considerada uma sacerdotisa ou princesa de Tebas, Grécia.

A múmia, que tem cerca de 3.000 anos, se encontrava em um estado frágil por ter sido alvo de ladrões de sarcófagos ao longo da história. A conservação é necessária para que as suas condições não se deteriorem mais ainda, antes que a múmia seja exibida no Museu City Hall na cidade de Perth, na Escócia, relata Daily Mail.

© Foto / Perth Museum & Art Gallery / Julie HowdenConservadores do Museu e Galeria de Perth limpando o sarcófago da múmia Ta-Kr-Hb de 3.000 anos
Descobertas pinturas de deusa egípcia em sarcófago de múmia de 3.000 anos (FOTOS) - Sputnik Brasil
Conservadores do Museu e Galeria de Perth limpando o sarcófago da múmia Ta-Kr-Hb de 3.000 anos

Conservadores ficaram impressionados ao encontrar figuras pintadas de uma deusa egípcia tanto na parte interna como na parte externa do caixão quando Ta-Kr-Hb foi retirada do sarcófago.

Ambas as figuras descobertas são representações da deusa egípcia Amentet, conhecida como Ela do Ocidente ou Senhora do Oeste.

"Foi uma grande surpresa encontrar estas pinturas", afirmou Mark Hall, responsável pelas coleções do Museu e Galeria de Arte de Perth.

© Foto / Perth Museum & Art GalleryParte interior do sarcófago de onde foi retirada a múmia Ta-Kr-Hb de 3.000 anos
Descobertas pinturas de deusa egípcia em sarcófago de múmia de 3.000 anos (FOTOS) - Sputnik Brasil
Parte interior do sarcófago de onde foi retirada a múmia Ta-Kr-Hb de 3.000 anos
"Nós nunca tínhamos tido motivo para levantar a múmia tão alto para que pudéssemos ver a parte inferior externa, e nunca tínhamos a retirado do sarcófago, não esperávamos ver nada lá. A revelação das pinturas em ambas as superfícies nos oferece um verdadeiro bônus e algo muito especial para compartilhar com os nossos visitantes", explicou Hall.

Serão ainda realizadas pesquisas mais cuidadosas das pinturas para desvendar mais informações sobre a história da múmia que seria de 760 a 525 a.C.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала