Fundo Russo de Investimentos Diretos está confiante com concretização de novo pacto da OPEP+

© AP Photo / Ronald ZakSede da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, OPEP, em Viena, Áustria (arquivo).
Sede da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, OPEP, em Viena, Áustria (arquivo). - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O acordo entre a OPEP e produtores independentes está mais próximo do que se imagina, assegurou Kirill Dmitriev, diretor-geral do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo).

"Estamos mais próximos do que muitos pensam, pois o mercado entende que o pacto é importante para a estabilização", afirmou o diretor-geral ao canal CNBC.

Dmitriev indicou que a Rússia aposta em um acordo.

"Atravessamos um longo caminho com a Arábia Saudita e superamos muitas dificuldades. Muitos duvidavam que chegaríamos ao primeiro acordo sobre os controles, mas conseguimos", salientou.

Em 6 de março deste ano, a OPEP e 10 produtores independentes (Azerbaijão, Bahrein, Brunei, Cazaquistão, Sudão e Sudão do Sul) colocaram fim aos controles de produção de petróleo a partir de 1º de abril ao não negociarem uma prorrogação da iniciativa, que estava vigente desde o começo de 2017.

Enquanto a Rússia e outros produtores independentes defendem manter sem alterações os controles estabelecidos anteriormente, a Arábia Saudita exigia uma redução mais drástica.

O preço do hidrocarboneto despencou após o anúncio da Arábia Saudita que inundaria o mundo com mais petróleo, agravando o panorama já deteriorado pela fraca demanda do produto devido ao coronavírus.

O ministro russo de Energia, Aleksandr Novak, sugeriu incluir os Estados Unidos em um novo acordo para estabilizar o mercado.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала