China envia 3 milhões de máscaras à Estônia em meio à pandemia da COVID-19

© REUTERS / Thomas PeterEstudante usando máscara protetora posa para foto perto do Aeroporto Internacional de Pequim, na China, 13 de março de 2020
Estudante usando máscara protetora posa para foto perto do Aeroporto Internacional de Pequim, na China, 13 de março de 2020   - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cerca de 3 milhões de máscaras faciais e outros equipamentos de proteção individual foram entregues neste domingo (5) à Estônia pela China.

De acordo com a publicação da ERR News, um avião da Pegas Fly, da Rússia, carregado com equipamentos de proteção individual, chegou a Tallinn, vindo da China, no início do dia.

As máscaras e equipamentos foram enviadas à Estônia como resultado da cooperação entre a Magnum, uma empresa farmacêutica atacadista, e a Semetron, o maior fornecedor de equipamentos médicos da Estônia. Um milhão de máscaras foi comprado pelo estado, 500 mil vão para a Semetron e 1,5 milhão foi comercializado pela Magnum.

Segundo o Ministério da Saúde da Estônia, existem 1.097 casos de COVID-19 e 15 mortes em todo o país.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto de COVID-19 uma pandemia em 11 de março. Segundo os números mais recentes, quase 1,2 milhão de pessoas foram infectadas com o novo coronavírus em todo o mundo, com mais de 64 mil mortes confirmadas, de acordo com a Johns Hopkins University.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала