COVID-19 faz Exército dos EUA liberar milhões de dólares para construção de hospitais

© REUTERS / Jeenah MoonMilitares do Exército dos EUA reunidos em Manhattan para combater o coronavírus, Nova York, EUA, 27 de março de 2020
Militares do Exército dos EUA reunidos em Manhattan para combater o coronavírus, Nova York, EUA, 27 de março de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Quatro empresas norte-americanas receberam aproximadamente US$ 140 milhões (R$ 750 milhões) em contratos para converter instalações militares em hospitais de emergência do Corpo de Engenheiros do Exército dos Estados Unidos (ACE).

"A AECOM Technical Services de Los Angeles, Califórnia, recebeu um contrato de modificação [...] de US$ 58.250.000 (R$ 315 milhões) para readequar o campus de Old Westerbury da Universidade Estadual de Nova York para uma unidade hospitalar alternativa", informa o comunicado do Departamento de Defesa dos EUA.

As empresas deverão trabalhar na readequação de instalações em unidades hospitalares em Nova York até o dia 9 de abril. Dentre as empresas responsáveis pelas readequações, está a Turner Construction Company, a New York Convention Centre Operating Corporation e a Haughland Energy Group.

Anteriormente, as autoridades de Nova York informaram sobre a necessidade de readequar algumas instalações em unidades hospitalares para atender aos pacientes em meio à pandemia de coronavírus.

Até sexta-feira (3), o número total de casos de COVID-19 nos EUA estava chegando aos 240 mil, enquanto o número de mortes havia passado de 5.400, segundo dados dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

Contudo, segundo a Universidade Johns Hopkins, mais de 277 mil pessoas foram infectadas pelo vírus, enquanto quase 7.100 morreram.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала