Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA batem recorde mundial de mortos por COVID-19 em um único dia

© AP Photo / John MinchilloCadáver de paciente morto pelo coronavírus sendo levado para um caminhão em Nova York, nos EUA
Cadáver de paciente morto pelo coronavírus sendo levado para um caminhão em Nova York, nos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga no
Nesta-quinta-feira (2), os Estados Unidos registraram a morte de 1.169 pessoas por COVID-19, o maior número para um único dia desde o início da pandemia.

O recorde anterior era da Itália, que teve 969 mortes em 27 de março, conforme informou a agência AFP. Os EUA são o país com o maior número de casos confirmados de COVID-19 no mundo, com 244.678 casos. O número é mais que o dobro de segundo país com mais casos, a Itália, que tem 115.242 casos.

© REUTERS / Eduardo MunozPessoas caminham pela Times Square enquanto o surto de coronavírus continua em Nova York, EUA, 21 de março de 2020
EUA batem recorde mundial de mortos por COVID-19 em um único dia - Sputnik Brasil
Pessoas caminham pela Times Square enquanto o surto de coronavírus continua em Nova York, EUA, 21 de março de 2020

A região mais afetada dos Estados Unidos é a região Nordeste, onde ficam Nova York e Washington. Apenas a cidade de Nova York já registra 51.809 casos e 1.562 mortes. Declarações recentes do presidente norte-americano, Donald Trump, apontam que há uma expectativa de que morram entre 100 e 200 mil norte-americanos durante a pandemia.

Na quarta-feira (1º), um avião russo de modelo An-124 pousou em Nova York carregado de suprimentos médicos em parte pagos pela própria Rússia. Donald Trump agradeceu o envio de suprimentos afirmando que estes eram de "alta qualidade" e acrescentando que iriam "salvar muitas vidas".

© Sputnik / Serviço de imprensa do representante permanente da Federação da Rússia na ONUAvião russo An-124 com equipamento médico aterrissou no Aeroporto JFK de Nova York, EUA
EUA batem recorde mundial de mortos por COVID-19 em um único dia - Sputnik Brasil
Avião russo An-124 com equipamento médico aterrissou no Aeroporto JFK de Nova York, EUA

Os números do painel da Universidade Johns Hopkins, que compila informações de casos no mundo inteiro, apontam que há mais de 1 milhão de infectados ao redor do mundo, além de 52.973 mortes causadas pela doença. Ainda segundo os números do painel, 210.335 pessoas já se recuperaram da doença, sendo que destas, 76.565 são da China.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала