Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Radar Cerca Espacial está pronto para entrar em serviço, diz Força Espacial dos EUA

© AP Photo / US Navy - Ryan C. McGinleyO maior sistema de radar do mundo baseado no mar SBX (Sea-Based X-Band Radar-1) dos EUA (imagem referencial)
O maior sistema de radar do mundo baseado no mar SBX (Sea-Based X-Band Radar-1) dos EUA (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga no
A nova estação de radar da Força Espacial dos EUA permitirá rastrear pequenos objetos em órbita baixa da Terra, fornecendo informação detalhada sobre possíveis ameaças a engenhos militares e comerciais.

A Força Espacial dos EUA anunciou em um comunicado à imprensa que seu radar de vigilância espacial localizado na ilha Kwajalein, na República das Ilhas Marshall, Pacífico Ocidental, conhecido como Cerca Espacial (Space Fence), está operacional após cinco anos de construção.

A estação de radar teria custado US$ 1,5 bilhão (R$ 7,65 bilhões).

O radar terrestre será usado para rastrear pequenos objetos em órbita baixa da Terra e fornecer capacidade de busca de objetos em órbitas mais altas. Todos os dados coletados serão entregues à Rede de Vigilância Espacial das Forças Armadas dos EUA, que, segundo consta, está rastreando mais de 25.000 objetos.

"A Cerca Espacial está revolucionando a forma como vemos o espaço ao fornecer dados orbitais precisos e oportunos sobre objetos que ameaçam os recursos espaciais militares e comerciais, tanto tripulados como não tripulados", disse o general John Raymond, chefe de Operações Espaciais.

O Pentágono afirma que a Cerca Espacial fornece dados de posicionamento precisos para o que refere como "Conhecimento do Domínio Espacial", de maneira a manter um catálogo preciso e atualizado de objetos espaciais.

O sistema também deve garantir a segurança orbital e fornecer alertas antecipados de conjunção de eventos, bem como indicações de ameaças potenciais, relatou a Força Espacial dos EUA em seu comunicado de imprensa.

Na quinta-feira (26), a Força Espacial dos EUA lançou um foguete Atlas V, cujo primeiro estágio foi equipado com um motor RD-180 de fabrico russo.

A Força Espacial continua fazendo parte da Força Aérea, mas está previsto se tornar o sexto ramo das Forças Armadas dos EUA, junto com o Exército, Marinha, Força Aérea, Fuzileiros Navais e Guarda Costeira.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала