Trump volta atrás e desiste de quarentena em Nova York

© REUTERS / Mark LennihanMulher anda com máscara pelas ruas de Nova York
Mulher anda com máscara pelas ruas de Nova York - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desistiu da ideia de estabelecer uma quarentena em Nova York, optando, em vez disso, por um "forte aviso de viagem" para este e outros dois estados da região.

Mais cedo, o chefe de Estado norte-americano havia sinalizado para a possibilidade de pôr em quarentena Nova York, Nova Jersey e partes de Connecticut, mas, nesta noite, disse que não seria necessário adotar tal medida. 

​Por recomendação da Força-Tarefa do Coronavírus da Casa Branca, e após consulta aos governadores de Nova York, Nova Jersey e Connecticut, solicitei ao CDC [Centro de Controle de Doenças] para emitir um forte aviso de viagem, a ser administrado pelos governadores, em consulta com o governo federal. Uma quarentena não será necessária. Todos os detalhes serão divulgados pelo CDC hoje à noite. Obrigado!

Nova York, Nova Jersey e Connecticut são os estados mais afetados pela COVID-19 nos EUA. O estado de Nova York relatou mais de 38.000 casos, com 672 mortes, enquanto Nova Jersey tem mais de 6.800 casos e 86 mortes e Connecticut soma cerca de 1.000 casos e 20 mortes.

Segundo o Centro de Recursos de Coronavírus da Universidade Johns Hopkins, existem mais de 122.000 casos confirmados da COVID-19 nos Estados Unidos e mais de 2.000 mortes. Mais de 500 fatalidades provocadas pelo novo coronavírus foram confirmadas apenas na cidade de Nova York.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала