Médicos russos desinfectam 2º hospital na Lombardia para ajudar no combate à COVID-19

© Sputnik / The Ministry of Defence of the Russian Federation / Abrir o banco de imagensРоссийский военный специалист в костюме бактериологической защиты во время осмотра лечебного учреждения в Бергамо
Российский военный специалист в костюме бактериологической защиты во время осмотра лечебного учреждения в Бергамо - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Segundo o último balanço divulgado, 9.143 pessoas morreram na Itália por conta da pandemia de COVID-19 no país.

Uma equipe médica de epidemiologistas e virologistas do Ministério da Defesa da Rússia desinfectou o segundo hospital na Lombardia, Itália, informou a pasta em um comunicado.

"A equipe desinfectou um total de 1.500 metros quadrados de espaços interiores na 'Casa Riposo', voltada para idosos, na cidade de Nemuro", diz o comunicado.

Equipamentos militares russos também foram usados para higienizar as calçadas do local com reagentes. Médicos militares também inspecionaram duas outras instalações na Lombardia que podem receber o processo de desinfecção.

Até 25 de março, a Rússia enviou oito equipes médicas e mais de cem virologistas e epidemiologistas militares para auxiliar a Itália no combate à COVID-19.

A Rússia também enviou quinze aeronaves à Itália com equipamentos militares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала