Mamífero 'mais resistente' do mundo é flagrado em VÍDEO passeando por vulcão

CC0 / Pixabay / Rato (imagem ilustrativa)
Rato (imagem ilustrativa) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De orelhas grandes e pelagem meio amarelada, roedor é encontrado a 6.739 metros de altura nas encostas do vulcão chileno Llullaillaco, vivendo em condições extremas.

O mamífero em questão é capaz de suportar temperaturas de até 65° graus Celsius abaixo de zero. Seu nome científico é Phyllotis xanthopygus rupestris, também conhecido como rato de orelhas de folha ou rato orelhudo da Patagônia.

Conforme publicado pelo portal IFL Science, pesquisadores filmaram o animal enquanto este vagava pelo já adormecido vulcão chileno Llullaillaco.

No vídeo, visto abaixo, o professor da Escola de Ciências Biológicas da Universidade de Nebraska-Lincoln, EUA, Jay Storz pega o animal com suas mãos após ser avisado por seu parceiro da presença do roedor.

Sobre o momento da captura, Storz disse à mídia:

"Eu estava meio tonto e desorientado quando eu entendi o assunto. Meu amigo e companheiro de caminhadas, Mario Perez Mamani, foi quem viu o rato, e me levou um pouco de tempo para entender o que ele estava me dizendo."

Pouco ar e pouca comida

O cientista ressaltou as qualidades do roedor em um estudo publicado no servidor bioRxiv.

Segundo ele, o animal é capaz de viver em locais com pouco oxigênio. Na altitude onde ele aparece no vídeo havia 45% menos oxigênio do que ao nível do mar.

Também encontrar comida é uma tarefa difícil em tais áreas.

"Eu estudo muitos diferentes animais de grande altitude, e eu suspeito que estes ratos devem ter desenvolvido adaptações especiais na sua função cardiorrespiratória e no metabolismo muscular", acrescenta.

Acredita-se que a espécie em questão possa se alimentar de insetos e líquenes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала