COVID-19 pode ser cíclica e EUA têm de se preparar, avisa especialista de saúde norte-americano

© AP Photo / John LocherProfissional da saúde com máscara em Las Vegas, EUA
Profissional da saúde com máscara em Las Vegas, EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Anthony Fauci, alto responsável na luta contra a COVID-19 nos EUA, refere que o vírus já viajou para o hemisfério sul e que isso tornaria muito provável sua recorrência no futuro.

Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (NIAID, na sigla em inglês) e membro da Força-Tarefa da Casa Branca para o Coronavírus (White House Coronavirus Task Force), disse na quarta-feira (25) que os Estados Unidos deveriam estar preparados para que a doença do coronavírus (COVID-19) seja cíclica, relata o portal Business Insider.

Em um informe da Casa Branca, Fauci observou que o vírus já viajou para o hemisfério sul, onde agora começa a estação mais fria, observando que sempre que houver um surto no hemisfério sul, o retorno da doença "será inevitável", mesmo que ela desapareça temporariamente no hemisfério norte.

"Sei que conseguiremos acabar com isto agora, mas precisamos realmente estar preparados para outro ciclo", advertiu o diretor do NIAID.

Fauci espera que a COVID-19 volte no outono (no hemisfério norte), com novos estudos mostrando que a propagação da doença pode diminuir na América do Norte na Europa até o verão (no hemisfério norte), devido às altas temperaturas.

Anthony Fauci observou que as medidas que os EUA estão tomando agora, incluindo o desenvolvimento de potenciais vacinas e novos medicamentos, serão essenciais caso a doença ressurja.

O aviso do alto responsável vem quando o coronavírus continua se espalhando rapidamente pelo mundo, com mais de 487.000 pessoas infectadas, mais de 22.000 mortes e mais de 117.000 recuperações, de acordo com os dados mais recentes.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала