Província chinesa epicentro do coronavírus, Hubei suspenderá proibição de viagens

© REUTERS / China DailyMédicos se despedem em estação ferroviária da cidade de Wuhan, local epicentro do coronavírus, na província de Hubei, China, 19 de março de 2020
Médicos se despedem em estação ferroviária da cidade de Wuhan, local epicentro do coronavírus, na província de Hubei, China, 19 de março de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pequim irá suspender as restrições de viagem na província de Hubei na quarta-feira (25), já que a luta do país contra a Covid-19 está produzindo resultados positivos.

Nesta terça-feira (24), a Comissão de Saúde da província de Hubei anunciou que os residentes serão novamente autorizados a viajar dentro e fora da província, a partir de 25 de março.

A proibição de viagens na cidade de Wuhan, capital da província e epicentro do surto de coronavírus do país, será suspensa no dia 8 de abril, comunicou a Reuters.

A comissão informou que as pessoas poderão sair com base no uso de um código de saúde.

Wuhan foi a primeira cidade na China a ser colocada em quarentena e, juntamente com várias outras grandes cidades de Hubei, permaneceu em isolamento desde o final de janeiro, como parte de um esforço nacional para desacelerar a propagação da doença.

Sinais de melhora

Pequim começou a atenuar o isolamento em algumas partes de Hubei na semana passada, já que a situação de saúde mostrou sinais de melhora. Equipas médicas destacadas para a região durante os primeiros dias do surto começaram a deixar a região e os hospitais temporários foram fechados.

© AP Photo / Xiao YijiuEnfermeira atende pacientes infectados pelo coronavírus em Wuhan
Província chinesa epicentro do coronavírus, Hubei suspenderá proibição de viagens - Sputnik Brasil
Enfermeira atende pacientes infectados pelo coronavírus em Wuhan

Na China, o número de novas infecções por coronavírus diminuiu notavelmente nos últimos dias, enquanto o número de casos positivos importados de viajantes que chegam ao país aumentou.

De acordo com a Comissão de Saúde do país asiático, até 24 de março, 3.277 pessoas morreram na China continental e 81.171 foram infectadas. Um total de 73.159 pessoas já se recuperou da doença.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала