Semana começa com nova queda do barril de petróleo

© AP Photo / Vahid SalemiTécnico de petróleo iraniano verifica as instalações do separador de óleo no campo petrolífero de Azadegan, perto de Ahvaz, Irã (imagem referencial)
Técnico de petróleo iraniano verifica as instalações do separador de óleo no campo petrolífero de Azadegan, perto de Ahvaz, Irã (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O preço do barril de petróleo voltou a despencar, desta vez entre 8 e 9%, após a abertura das bolsas.

Assim, os futuros de maio de petróleo do tipo Brent caíram para US$ 25,13 (R$ 127) o barril, em 8,22%, seguindo a tendência de desvalorização observada nas últimas semanas.

Em 6 de março, a Organização Mundial dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e dez produtores independentes, entre eles a Rússia, deixaram de limitar a produção a partir de 1º de abril por não terem alcançado um acordo para prorrogar a iniciativa que estava vigente desde 2017.

A ruptura do pacto petroleiro, junto com a pandemia do coronavírus, afundou o preço do petróleo para valores não vistos desde o começo dos anos 2000. As moedas de países que dependem fortemente da exportação do hidrocarboneto, como Rússia e Noruega, despencaram fortemente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала