Grécia recebe 500 mil máscaras doadas pela China

© AP Photo / Andy WongMulher usa máscara de proteção em ônibus, na capital chinesa Pequim (foto de arquivo)
Mulher usa máscara de proteção em ônibus, na capital chinesa Pequim (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um avião da China com 500 mil máscaras para ajudar a Grécia a combater o surto de coronavírus chegou ao Aeroporto Internacional de Atenas neste sábado (21).

O ministro da Saúde, Vassilis Kikilias era uma das autoridades que estavam no aeroporto para receber a carga doada pela empresa pública chinesa de eletricidade State Grid e pela fornecedora de eletricidade grega Admie, na qual a empresa chinesa detém uma participação de 25%.

A carga consistia principalmente em máscaras FFP2, que serão distribuídas principalmente aos hospitais, disseram autoridades do aeroporto.

Pequim e Atenas estão construindo importantes relações comerciais há mais de uma década, especialmente após a venda da maioria dos terminais no porto de Pireu (perto de Atenas) à gigante chinesa Cosco, informa a agência de notícias AFP.

Com seu sistema de saúde sofrendo de problemas crônicos e com a economia ainda piorando após uma longa crise da dívida, a Grécia enfrenta uma escassez de equipamentos médicos, especialmente máscaras.

A COVID-19 matou dez pessoas no país nos últimos nove dias, enquanto 495 casos foram registrados, com testes de triagem sendo realizados principalmente nos suspeitos de portar o vírus.

Após a primeira morte, em 12 de março, o governo adotou medidas estritas para limitar movimentos desnecessários, desde o fechamento de instituições de ensino, parques e instalações de entretenimento até a proibição de reuniões de mais de 10 pessoas.

O Ministério da Proteção Civil instruiu as pessoas a ficar em casa, alertando que um bloqueio completo será imposto se suas recomendações forem ignoradas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала