Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

'Não há nenhum problema com a China', diz Bolsonaro após filho culpar chineses pela COVID-19

© Foto / Alan Santos/Divulgação/Palácio do PlanaltoO presidente Jair Bolsonaro participa de evento na Flórida, nos Estados Unidos.
O presidente Jair Bolsonaro participa de evento na Flórida, nos Estados Unidos. - Sputnik Brasil
Nos siga no
O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (20) que não existe nenhum problema entre o Brasil e a China.

Bolsonaro deu a declaração na saída da residência oficial do Palácio da Alvorada, conforme publicou o portal G1.

"Não há nenhum problema com a China. Zero problema com a China. Se tiver que ligar pro presidente chinês, eu ligo sem problema nenhum", afirmou Bolsonaro.

A declaração de Bolsonaro ocorre dois dias após seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), responsabilizar o governo chinês pela pandemia do novo coronavírus.

A fala de Eduardo gerou reação da embaixada chinesa no Brasil, que disse que Eduardo contraiu um "vírus mental" depois que voltou da viagem a Miami, nos Estados Unidos.

Para Bolsonaro o episódio já é "página virada". O presidente se recusou a responder, no entanto, se considera a China culpada pela pandemia.

"Não manifesto minha opinião sobre esse assunto. Vocês têm dito e escrito constantemente que esse vírus nasceu em Wuhan, na China. Esse assunto é página virada, não existe problema com a China", disse.

O presidente brasileiro disse também que, se for o caso, ligaria para o presidente chinês, Xi Jinping, para buscar soluções de combate ao novo coronavírus.

"Se houver necessidade, tem uma necessidade muito maior, a questão do vírus lá [na China] que a curva está em descendência, os hospitais estão sendo desativados. O que foi utilizado para chegar a esse ponto? Se houver necessidade, eu ligarei sim para o presidente Xi, sem problema nenhum. Faz parte do meu ofício tomar uma atitude como essa", disse Bolsonaro.

Nesta quinta-feira (20), a Embaixada da China no Brasil voltou a exigir um pedido de desculpas claro e definitivo do deputado federal Eduardo Bolsonaro.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала