Áustria proíbe reuniões com mais de 5 pessoas

© REUTERS / David RyderKit para teste do novo coronavírus no Centro Médico de Harborview, em Washington, EUA, 29 de fevereiro de 2020
Kit para teste do novo coronavírus no Centro Médico de Harborview, em Washington, EUA, 29 de fevereiro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Áustria proibiu neste domingo (15) reuniões de mais de cinco pessoas e pediu aos cidadãos que saiam de casa apenas se necessário, em uma tentativa de impedir a propagação do coronavírus.

A polícia aplicará novas restrições à vida pública, disse o governo, ameaçando multas por não conformidade.

As medidas mais duras foram decididas em uma sessão extraordinária do Parlamento, durante a qual o chanceler Sebastian Kurz pediu à população que se auto-isolasse e limite os contatos "às pessoas com quem vivem". As pessoas deveriam sair de casa apenas para trabalhar, comprar comida ou ajudar outras pessoas, disse ele.

"A liberdade de circulação em nosso país será massivamente limitada", disse Kurz, acrescentando que as medidas são "necessárias para defender a saúde do povo austríaco".

No domingo, a Áustria registrou 800 casos de coronavírus e duas mortes.

Cafés, restaurantes, playgrounds e instalações esportivas também serão fechados, após a decisão de sexta-feira de fechar lojas não essenciais.

Qualquer reunião ao ar livre será interrompida, disse Kurz, e as pessoas teriam permissão para sair sozinhas ou acompanhadas pelas pessoas com quem vivem, disse ele em comunicado.

O governo agora também suspendeu as viagens aéreas com o Reino Unido, Paixes Baixos, Rússia e Ucrânia, tendo anteriormente colocado Itália, Espanha, França e Suíça na lista.

A região do Tirol, na fronteira com a Itália, está praticamente bloqueada por uma semana, informa a agência de notícias AFP.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала