Porta-voz da Chancelaria da China acredita que EUA podem ter levado o COVID-19 a Wuhan

© AP Photo / Andy WongO porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, gesticula durante uma declaração em Pequim no escritório da Chancelaria chinesa, em 24 de fevereiro de 2020.
O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, gesticula durante uma declaração em Pequim no escritório da Chancelaria chinesa, em 24 de fevereiro de 2020. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Exército dos EUA pode ter levado a nova doença do novo coronavírus (COVID-19) para a China, especificamente Wuhan, a cidade onde o vírus foi detectado pela 1ª vez, disse nesta quinta-feira (12) o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian.

A declaração foi uma resposta ao diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, Robert Redfield, que admitiu na quarta-feira (11) que alguns norte-americanos que aparentemente morreram de gripe foram posteriormente testados positivos para a COVID-19.

​O CDC foi posto contra a parede. Quando o paciente zero começou nos EUA? Quantas pessoas estão infectadas? Quais são os nomes dos hospitais? Pode ter sido o Exército americano que levou a epidemia a Wuhan. Sejam transparentes! Tornem públicos seus dados! Os EUA nos devem uma explicação!

A doença por coronavírus foi detectada pela primeira vez em Wuhan, província de Hubei, no final de dezembro de 2019. A China tem a maioria dos casos confirmados - mais de 80,9 mil, incluindo mais de 3 mil mortes.

A partir de agora, o pico da epidemia na China terminou e o país não registrou novos casos em nenhuma cidade da província de Hubei, exceto Wuhan, desde a semana passada. No entanto, o surto está aumentando em outros países do mundo, e a Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o surto agora como uma pandemia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала