Grécia fecha escolas e universidades para conter disseminação do novo coronavírus

© AP Photo / Andriana Soldatou / mypreveza.grAmbulância chegando a hospital da cidade de Preveza, no noroeste da Grécia (arquivo)
Ambulância chegando a hospital da cidade de Preveza, no noroeste da Grécia (arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Grécia anunciou nesta terça-feira um fechamento, por duas semanas, de todas as instituições de ensino do país, em uma tentativa de controlar o contágio pelo novo coronavírus.

"O governo decidiu suspender a operação de todas as instituições educacionais do país pelos próximos 14 dias", disse o ministro da Saúde, Vassilis Kikilias, citado pela AFP.

"Todos nós devemos nos comportar de maneira responsável. Os pais precisam confinar seus filhos. A medida tem o objetivo de reduzir a disseminação da doença." 

​A Grécia já confirmou 89 casos da COVID-19 até o momento, sendo a maior parte no oeste do país. Muitos dos pacientes estariam ligados a um grupo de peregrinos que esteve em Israel e no Egito recentemente. Um homem de 66 anos se encontra em estado crítico, informa a Agence France-Presse.

As autoridades gregas já haviam mandado fechar escolas e cancelaram eventos públicos em três áreas da região ocidental anteriormente.

O surto do novo coronavírus no país deve afetar também a cerimônia de acendimento da tocha dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Programado para a próxima quinta-feira, na cidade de Olímpia, o evento não contará com a presença do público. Todas as demais atividades esportivas marcadas para as próximas duas semanas também serão realizadas sem a presença de torcedores.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала