Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA fortalecem Corpo de Fuzileiros para conter Marinha chinesa

© AP Photo / Ken MoritsuguEstátua de fuzileiros navais com bandeira dos Estados Unidos em Washington
Estátua de fuzileiros navais com bandeira dos Estados Unidos em Washington - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos está desenvolvendo mísseis móveis antinavio de baseamento terrestre para conter a Marinha chinesa no oceano Pacífico, representando isso uma modernização prioritária.

"Uma capacidade terrestre de mísseis antinavio proporcionará ataques a partir da terra como pare de uma campanha de guerra naval antissuperfície integrada", afirma uma declaração ao Comitê de Serviços Armados do Senado. "Esta capacidade de posicionamento avançado e de alta sobrevivência aumentará a letalidade das nossas forças navais e ajudará a negar ao adversário o uso de terreno marítimo importante."

A designação do desenvolvimento deste sistema como prioridade de topo ocorre na hora em que o Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos se reorienta como uma extensão das forças navais, revela o portal Defense News.

"Parte do trabalho de casa que a Marinha e o Corpo de Fuzileiros fizeram nos últimos seis meses foi definir como precisaremos operar no futuro como uma força naval integrada, o que significa que o Corpo de Fuzileiros assume um papel que não tivemos nos últimos 20 anos, que é como contribuímos para o controle do mar e negação do mesmo", afirma o general David Berger, comandante do Corpo de Fuzileiros.

O tenente-general Eric Smith, diretor de Requisições e Desenvolvimento do Corpo de Fuzileiros, descreveu a jornalistas na Conferência de Guerra Expedicionária, realizada no ano passado, o conceito em que a Marinha norte-americana possa confinar os navios chineses em áreas onde os fuzileiros possam realizar ataques a partir da costa.

"Então, se eu realizar manobras para apoiar o comando da frota em um espaço contestado e confinado, através do ar eu vou levar mobilidade com conectores de superfície [...]", comenta Smith.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала