Policial fica ferido em confronto com migrantes na fronteira turco-grega

© REUTERS / Umit Bektas Migrantes caminham ao longo de uma estrada perto da vila de Karpuzlu, na cidade turca de Edirne, na fronteira com a Grécia, em 1º de março de 2020
 Migrantes caminham ao longo de uma estrada perto da vila de Karpuzlu, na cidade turca de Edirne, na fronteira com a Grécia, em 1º de março de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um policial grego ficou ferido neste domingo durante confrontos com migrantes na fronteira da Grécia com a Turquia, informaram autoridades locais.

"O policial foi hospitalizado e recebeu os primeiros socorros. Ele se sente bem e pediu para retomar as suas funções, apesar dos ferimentos", afirmou um funcionário do governo grego em conversa com jornalistas.

De acordo com esse funcionário, os estrangeiros teriam atirado pedras contra os agentes instalados ao longo da fronteira, enquanto, do outro lado, forças turcas teriam disparado bombas de gás lacrimogêneo contra o território grego. 

​Turquia disparando gás lacrimogêneo contra forças de fronteira gregas.

Outras fontes afirmam que os policiais gregos é que teriam disparado bombas de gás contra a multidão. 

Mais de 76.000 migrantes deixaram a Turquia em direção à UE, com a polícia grega barricando passagens de fronteira com arame farpado e lançando gás lacrimogêneo nas multidões​

Recentemente, o governo turco anunciou a decisão de abrir suas fronteiras, com a Grécia e a Bulgária, para a passagem de milhares de migrantes de países como Síria, Irã, Iraque e Paquistão que desejam buscar uma vida melhor na União Europeia, mas as autoridades gregas afirmaram que não deixariam nenhum estrangeiro entrar ilegalmente em seu território.

Segundo o ministro do Interior turco, Suleyman Soylu, 76.358 migrantes já teriam atravessado as fronteiras do país com a UE após essa nova política. Autoridades da Grécia, por sua vez, afirmam que 15.500 estrangeiros tentaram entrar ilegalmente no bloco europeu desde a noite do último sábado, situação que está sendo considerada uma ameaça à segurança nacional pelo governo grego. Ao menos 143 desses imigrantes teriam sido detidos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала