Só após 8º teste coronavírus é detectado em mulher na China

© REUTERS / Aly SongFuncionários com máscaras de proteção são vistos na estação ferroviária de Xangai, na China, enquanto o país é atingido pelo surto do novo coronavírus, 7 de fevereiro de 2020
Funcionários com máscaras de proteção são vistos na estação ferroviária de Xangai, na China, enquanto o país é atingido pelo surto do novo coronavírus, 7 de fevereiro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um estudo anterior relatava que o vírus pode estar presente em uma pessoa sem produzir sintomas, e a dificuldade em detectá-lo se mostrou particularmente forte neste caso.

Uma mulher chinesa foi submetida a oito testes de COVID-19 antes que o coronavírus fosse detectado, relata o diário Sichuan Online.

Tang Mouchun, uma funcionária de hotel em Chongqing, chegou ao Hospital Popular de Anuye, província de Sichuan, no final de janeiro. Foi testada oito vezes entre 7 e 23 de fevereiro de 2020 depois de ser isolada em 2 de fevereiro, quando uma de suas colegas mostrou sinais da infecção.

Médicos chineses haviam descoberto que o novo coronavírus pode estar incubado em uma pessoa até 24 dias, com outro estudo estabelecendo que a COVID-19 pode não exibir sintomas. Além-fronteiras, têm sido relatados casos em que os doentes nunca viajaram à China.

A mulher tinha sido submetida ao método habitual para detectar a infecção, a reação em cadeia da polimerase, e só na segunda-feira (24), depois de os médicos compararem os sintomas com novas análises em laboratório, o teste deu positivo.

O vírus já levou a vida de 2.765 pessoas, principalmente na China, mas também em outros países pelo mundo fora, especialmente na Coreia do Sul, Japão, Irã e Itália. Houve mais de 81.000 casos confirmados desde o início do surto, dos quais 30.053 recuperaram.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала