FOTOS revelam degelo da Antártica durante calor recorde

CC BY 2.0 / Jane Embury / AntárticaAntártica (imagem de arquivo)
Antártica (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Imagens tiradas pela NASA durante fevereiro mostram derretimento da capa de gelo da Antártica enquanto temperatura recorde atinge 18,3 °C na região.

No último dia 6, estações meteorológicas na Antártica marcaram temperaturas recorde. Termômetros da base Esperanza, no norte da península Antártica, registraram 18,3 °C naquele dia.

Conforme publicou o Observatório da Terra da NASA, o calor se assemelhou à temperatura da cidade americana de Los Angeles no mesmo dia.

Para entender melhor as consequências da alta temperatura, duas fotos foram feitas pelo satélite Landsat 8 da NASA.

A primeira, como é mostrado abaixo, foi tirada no último dia 4, e mostra o ilhéu de Águila coberto por uma capa de gelo.

© Foto / Observatório da Terra da NASA, imagens de Joshua StevensFoto de satélite da NASA mostra cobertura de gelo na Antártica em 4 de fevereiro de 2020 (foto de arquivo)
FOTOS revelam degelo da Antártica durante calor recorde - Sputnik Brasil
Foto de satélite da NASA mostra cobertura de gelo na Antártica em 4 de fevereiro de 2020 (foto de arquivo)

Já no dia 13, outra imagem mostra o mesmo local com mudanças visíveis. A cobertura de gelo da ilha derreteu parcialmente.

© Foto / Observatório da Terra da NASA, imagens de Joshua StevensDerretimento da Antártica vista a partir de satélite da NASA em 13 de fevereiro de 2020
FOTOS revelam degelo da Antártica durante calor recorde - Sputnik Brasil
Derretimento da Antártica vista a partir de satélite da NASA em 13 de fevereiro de 2020

Sabe-se que a capa de neve perdeu um total de 106 milímetros entre os dias 6 e 11 de fevereiro.

"Eu [nunca] tinha visto o derretimento de gelo da Antártica acontecendo tão rapidamente", declarou o glaciólogo Mauri Pelto, do Nichols College, Estados Unidos, citado no site da agência espacial.

Verão quente

Se por um lado o mês de fevereiro é verão no hemisfério sul, o rápido degelo da região seria um fato anormal.

"Você vê esse tipo de derretimento [de gelo] no Alasca ou na Groenlândia, mas não comumente na Antártica", acrescentou Pelto.

Este calor também não era típico da Antártica até o século XXI, mas se tornou mais frequente atualmente, segundo o pesquisador.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала