Marinha da Índia fortalece frota com navio 'invisível' no oceano Índico

Nos siga noTelegram
Em meio à disputa com a China para permanecer como força dominante, a Marinha indiana resolveu fortalecer sua frota acrescentando navios de guerra antissubmarino (ASW, na sigla em inglês) no oceano Índico.

A construtora estatal Garden Reach Shipbuilders & Engineers Ltd (GRSE) entregou as embarcações, consideradas uma plataforma ASW extremamente versátil com capacidade de neutralizar submarinos inimigos com torpedos e lançadores de foguetes. Além disso, o equipamento é eficaz tanto no litoral quanto no oceano profundo.

​Outro capítulo glorioso nas crônicas da GRSE. O 4° e último navio do projeto corveta ASW foi entregue à Marinha. Um navio cheio de armas, de 3.200 toneladas é o 104° navio construído pela GRSE com mais de 90% de material próprio. Comprometida em impulsionar as iniciativas indianas.

"As corvetas ASW colocaram a Marinha da Índia no clube de elite dos países que construíram navios furtivos", afirmou a GRSE, ressaltando que as capacidades furtivas tornam os navios quase invisíveis, tanto acima quanto abaixo da superfície do mar.

O navio Kavaratti tem 109 metros de comprimento e é o último da série de quatro navios de guerra antissubmarino (ASWC). A embarcação é equipada para enfrentar condições de guerra nuclear, biológica e química, além de contar com a integração de uma série de armas e sensores.

O Ministério da Defesa da Índia ordenou a construção e entrega de 16 embarcações de águas rasas de guerra antissubmarino, depois de observar o crescimento da Marinha chinesa, que estaria construindo aproximadamente 20 navios de guerra por ano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала