Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA pressionam Índia e China para reduzirem compras de petróleo venezuelano

© AP Photo / Alex BrandonElliott Abrams
Elliott Abrams - Sputnik Brasil
Nos siga no
A administração Trump planeja convencer as autoridades chinesas e indianas a reduzir suas importações de petróleo venezuelano, alinhando assim pela sua política de asfixia econômica da Venezuela.

A informação foi adiantada em uma coletiva de imprensa por Elliott Abrams, representante especial dos EUA para a Venezuela, não sendo a primeira vez que os EUA insistem neste tema.

"Os dois maiores clientes do petróleo venezuelano são a Índia e a China. Vamos nos reunir com eles e explicar a política dos EUA em relação ao petróleo venezuelano", afirmou Abrams, explicando o porquê do interesse norte-americano em que os dois países reduzam as compras de crude à Venezuela.

Vale recordar que ontem, 18 de fevereiro, os Estados Unidos adotaram sanções contra a Rosneft Trading, uma subsidiária suíça da petrolífera russa Rosneft, e seu diretor-geral Didier Casimiro, pelo comércio de petróleo com a Venezuela.

Segundo Washington, a Rosneft Trading é o maior comprador de petróleo venezuelano.

As sanções fazem parte da campanha de pressão dos Estados Unidos contra a o país latino-americano, disse Abrams.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала