Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Exército sírio faz avanço significativo em Aleppo na véspera de conversações russo-turcas

© AFP 2021 / AFPTropas do Exército sírio em tanques avançando pela província de Aleppo (foto de arquivo)
Tropas do Exército sírio em tanques avançando pela província de Aleppo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Forças do Exército da Síria retomaram áreas da província de Aleppo desde o início da guerra no país, fazendo grupos rebeldes recuar na véspera de negociações russo-turcas.

Durante o último domingo (16), as forças do presidente sírio, Bashar Assad, avançaram por diversas localidades na província de Aleppo, no noroeste do país e limítrofe com a Turquia.

Conforme publicou a agência estatal síria SANA, pelo menos 19 vilarejos e cidades foram reconquistados, trazendo pesadas perdas para grupos rebeldes e seu consecutivo recuo.

O avanço seria o resultado da combinação de diversas operações de grande escala do Exército sírio.

"Em um dia, eles [soldados do Exército sírio] tomaram uma área na qual durante oito anos eles não podiam pegar nenhum vilarejo", disse à agência Reuters o diretor do Observatório Sírio para os Direitos Humanos, Rami Abdulrahman.

Negociações entre Rússia e Turquia

Recentemente, as tensões entre a Turquia e a Síria cresceram significativamente após embates entre forças de ambos os países terem decorrido na província síria de Idlib, vizinha de Aleppo.

Por sua vez, a Turquia objetiva manter em Idlib postos de observação, ao passo que trava um conflito com forças curdas na Síria.

Contudo, o avanço das tropas sírias teria causado desconforto em Ancara, segundo a Reuters.

Além disso, Ancara já relatou a morte de parte de seus soldados no país árabe, o que tem estimulado negociações entre a Rússia e a Turquia, para se atingir um acordo que freie as tensões.

Reforço turco

No entanto, segundo informou a agência Anadolu no domingo (16), a Turquia enviou recentemente para a Síria um comboio de pelo menos 100 veículos, incluindo tanques e blindados, para reforçar suas posições.

Vale destacar que o fornecimento de armas por parte da Turquia a grupos rebeldes em Idlib já foi denunciado por fonte militar russa.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала